segunda-feira, 24 de novembro de 2008

E como sempre, o coração dela toma a frente
o espelho fica mais bonito
e ela se sente feliz por isso
Se sente feliz por ele não refletir maldade
observe eu não me importar com a sua)
tempo pra risadas
fazer coisas
planejar o mundo
me perder e voltar num segundo
dançar e rodar
canções bonitas
falando da vida
de aprender como ser!
Todo o dia
peço proteção
e jogo o guarda chuva
enquanto aguardo o verão.

Ei espelho
Quantas olheiras.
Do futuro o que você sabe?
Me conte, se é que entende sobre malandragem
Só me diga que chegará o próximo segundo (e seguirá assim). Tudo dando mais errado que certo.
Ainda não descobri se apenas sigo. Essa coisinha pulsante em meu peito continua me dando trabalho (essas coisas geladas no estomago tambem)
Minha carteira furou, perdi as moedas
Nessa cidade esse calor chato o dia todo.
Ainda corto meu cabelo tudo torto.
Tem gente que me enche o saco com o olho
Mas tem olho que me enche, quando o beijo sem batom

Ainda sim e, talvez, por tudo isso, ando desconfiada que viver é tão bom.
Me sufoca
Me aperta
eu não consigo respirar
mas não dói
apenas estou sem ar.
Preciso achar uma forma
de não morrer sem tentar!
Não gosto de patinar no gelo.
Odeio você, medo.
Tenho pressa de viver, o tempo parece veloz e eu não tenho mais tempo para enfrentar o tempo.
Por que eu não poderia querer uma coisa de cada vez?
Já extrapolei todos os meus sentimentos, esbravejei, discuti, me fiz ouvir, alto e bom som, me recolhi à minha pequenez, nada tirou de mim o sentimento de vontade (nem sequer uma vez)

E nada vai tirar.
Preciso respirar!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008


There that my heart is longing for.
I need you so much closer.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Eu e meu cérebro.nem eu aguento.


Abro o olho
-Merda!
6 horas já, mas eu nem dormi tudo isso!
Mais 5 minutos né relógio.
Como assim, ja!
Eu falei 5 minutos e não 5 segundooos.
Não vou levantar, a meu, me recuso (travesseiro na cara) não vo, to com sono, vou no médico, pego um atestado, sei la, digo que estou com dor de barriga e não vou, só hoje, aaa não quero levantaaar, ta quentinho aqui, que saco, sacoooooo, não vou, vou dormir.
Só mais 5 minutos po.
Não vou levantar, vou ficar aqui o dia inteiro, dormir até as 17 horas.
Eu posso dormir a hora que eu chegar né?
Né....
É isso, eu vou, trabalho, chego hoje e nem falo oi aqui em casa, vou correndo pra cama e durmo atéeeee outro dia (isso sempre me anima pra levantar, mas va verdade eu tinha pensado nisso ontem, mas hoje é hoje, vou fazer sim)
Pensei tanto que nem to com sono mais mesmo.
.
Canal chato né, queria mudar.
Mas não quero me mover, nem um dedo, muita preguiça senhooor!
Pq não tenho poder da força da mente?
Saco
Queria ser um mutante, fazer as coisas por telepatia, podia mudar o canal só pensandooo!
E se?
haha
Mas não tem ninguem aqui, vou tentar
e se eu sou um mutante e não sei?
haha
Como vc é besta Nátalinnnn
Mas e se?
Ta bom, vai tenta.
Fecha o olho e pensa, rapidinho, ninguem vai ver
Fechou, ta feliz?mudou?
Não.
haaha, tonta
Mas é que eu não pensei com força meu
Tem que ter muita força no pensamento, não é assim de um dia pro outroo
Ta bom professora Xavier, faça força então, mais muitaa, levante daí e vá procurar o controle.
.
Como pode apertar um botão e fazer abrir o portão?
(Mulher tem dificuldade em entender isso)
Ondas sonoras?
mas as ondas são fodonas, pq põe a mão na frente e olha, abre, poe atras do corpo, e olha, fecha, as ondas passam por mim, será que entram dentro de mim?Como pode, atras do carro e olha, abre, do outro lado e fecha!
-O, menina, ta brincando com o portão?
-Err, ham, he, não, to testando o controle só, é novo.

[preciso ler sobre isso]
.
Pq esse rádio não pega outras estações meu, ja não aguento mais essas, essa antena 1 só toca música morta.
De manhã, como isso vai me animar pro dia?
Saco (aperta o botão)
E essa joven pan dos infernos, só os caras falando, tá, antes eles falando do que aquelas músicas horríveis dançantes, vou ouvir.
Mas aa meu, quero música, que adianta ganhar um toca cd que não toca o cd? Só radio que ainda nem pega.
Para de reclamar o , alem de ganhar, pelo menos tem música, poderia nem ter, e você ja ia ter dormido no volante sem música.
Ta baum, vamos tentar outro botão, sertanejo fdp, como o povo gosta dessas coisas logo de manhã, queria um rock bem dahora, dirigir dançando, cantando, e
(ccchhhhh)adooro essa múuusica, mas não sintoniza, que merda
Pá, páaaaaa
Pq as pessoas batem no rádio, se é a antena que não funciona!
Sacccooo ela vai acabaaa meu, inferrrnooo, se eu me concentrar não escuto o chiado, aaaaa inferno, não consigo
Vai a porra da antena 1 mesmo
Aiii, que música linda.
Romantica
Parece de filme eu dirigindo, pensando nele, ele pensando em mim, sabe quando aparece os dois em lugares distintos, um pensando no outro...aii, daria um filme mesmo, aí passariam cenas de tudo que ja passamos, todo mundo ia chorar no filme, ia ser o mais lindo, certeza que ele ta pensando em mim, ai meu coração, mas são 7 horas, ele esta dormindo po, saco de filme, como ele vai pensar em mim? Ele pode estar sonhando comigo ué...aii que saudade, podia ta lá na caminha dele, cheirinho dele, podia passar essa parte agora no filme nos flashs dos momentos lindos, dormindo abraçada com ele, mesmo qdo ele me dava almofadadas,aaai.

Musica idiota, vai acabar com meu diaaaaaaaaaa, eu quero um rock poooo, não quero fica triste, vou mudar dessa música romantica, credo, um rock, bem rockão, pra eu nem lembrar de amor, éeeeeeee.ou um rap, que fale de tiro, pá pá páaa, tem nem como pensar em amor né.haha.Odeio essa antena1.Um rap que fale de uns caras que não gostavam de uma rádio, foram lá e papapaaaa nas paredes da antena1.


hahaha


que maldade.

Ainda bem que cheguei, não estava me aguentaaaaaando mais.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008


Não, você não vai saber pq eu sou
nem pq eu estou
não sabe pq eu escrevo, e eu nem sei pq eu te mereço

Te explicar é coisa minha
mas parte da sua, faz a minha
eu penso, não só no meu destino
tem os que eu puder, levo comigo
Como tem os que me fazem ver, sentir o sentido,
mesmo que pareça não ter o menor juizo,
me faz crescer nas coisas incomuns,
que o comum, ce não acha em qualquer um.
Não quero pisar em ninguem,
mas quero que tenha, em meu, nosso convem.

Caso vc pense em pessoas com cascos,
pense que nenhum nós venhamos ao acaso...
E nunca, nunca sejamos, ou formemos fracos.
Se estamos aqui, é aprender
Aprender, é fazer acontecer.
Quem vem junto, vem;
que não vem...

Diz amém.
Diz amem , não só por um vintem,
mas para os que vem e os que tem, o ter além.
Alem dos seus olhos.
Alem dos seus poros.
E nem é,
mas pode fazer parte, do que me faz sentir
Sente, que é arte.
Pode vir.
Se vc entender, há de servir.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008


Como detesto essa minha inconstância
as vezes eu acho que sim
as vezes você me cansa

Meu coração é de criança
Mas aqui tem uma mulher
Que aprende como a vida quer

Amo ser isso!
amo ser tola
amo minha dor
amo minha coragem
amo minha pseudo-fortaleza
amo querer saber de tudo
amo amar o céu
amo ficar feliz com o mar
amo não saber onde tudo isso vai dar

Eu amo me sentir tão bem
e saber que sou responsável por isso.

Amo estar dentro da panela na vida
e misturar tanta coisa
ingredientes que compõe o meu ser
Lá, coloco sal, coloco açúcar, tem pimenta
[malagueta]
Tem mel, adoça meu céu
tem fermento
assim eu cresço
e me comprometo
a dar um lindo bolo no final.

Não, não
Aqui nessa na panela
não cabe o seu mal!

Sem querer te querer
Sei que estou em cada pedaço de você
sei que estou aí na sua cabeça
e onde você menos espera.
Estou aí quando abre a janela.

Sei que sente falta do meu cheiro
Sei que sente falta de eu te fazer de travesseiro
Sei que sente fata de amor verdadeiro

Não dessas ladainhas que está se acostumando
medíocre, nada sentido
tudo consentido

Eu estou aí dentro
Eu estou no seu pulsar
Eu estou no seu quarto
Eu estou no seu medo

Estou na cozinha, em cima da pia
No seu chuveiro
No seu prato
Em cada pedaço do seu carro
E em cada memória que vem ao acaso

Me lembra nas gotas de chuva
e não esqueça que estou na sua parede
E dentro de você.
Porque é onde você está.
Picho seu muro, bagunço seu mundo
risquei todas as suas coisas
E eu sei, que foram as melhores.
Pensamento, por favor, desvia desse sofrimento.
Quando chega o inverno?

Odeio gente que tem depressão em dias marcados
-Aahh sei la, de segunda eu fico assim, de domingo eu fico assim...
Vai se fuder!
Se tranca em casa e morra.
Domingo é tão gostoso, fora o corrrno do faustão, é dia que você está com a família em casa, em paz!
Segunda feira começa de novo, meu, você pode recomeçar, ir a luta, dar o melhor de você, tem saúde pra ir atrás das coisas!
Pensando assim, o dia passa tão rápido quer você nem vê!

Ou eu que sou muito chata!
Sei la...de segunda eu fico assim.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008


Amanheceu, mas não enxergo a luz do sol na janela.
A manhã veste cinza escuro, muito escuro, entremeado com um azul funesto. A noite quente e úmida já fazia avisar que a manhã seria de tormenta, mas a roupa dela ainda estava seca.
Ela ainda não chorara, estava esperando não sei quê, de cara emburrada. Via-se que era para logo, já já cairia em prantos.

Gotas caem .

Pinga gotinhas do céu

Elas se misturam, duas águas, de duas naturezas

Mas aí, a enxurrada já levara as duas dançando no asfalto.

Por favor, chova bastante senhora

Me revigora!

(queria me misturar com você)

quarta-feira, 5 de novembro de 2008











Como um violino
não tocado, mais sentido
daqueles que fecham os olhos pra tocar
como se a música entrasse nos poros
e elevasse a alma

Como tomar água com sede
não só beber, mas quando sua boca está tão seca
que quando vc toma água, sente ela gelar toda a barriga
Como fazer amor sentindo pele, cheiro, olhar
Desejo a flor da pele
não por fazer e simplesmente pelo prazer
mas fazer queimar o desejo
por quem se ama

Como tomar banho de cachoeira
não só entrar ali embaixo[
mas sentir toda coisa que vai embora junto com a água

Como olhar pro mar no por do sol sentado na areia
Como se pudesse pintar um quadro na sua mente
não um quadro qualquer
mas um que mostrasse o sentimento que estava sentindo naquela hora

e em cada pulsar.
é assim que é.

Desde que eu percebi que a vida passa depressa demais.
Depressa demais
A minha, a sua, a nossa, a dele, a dela, do velho e do moço também
Para alguns mais devagar como um barco, pra outros táo rápido quanto um trem.
Pra quem sorri, pra quem chora, pra quem sozinho vive, pra quem namora.
Faça sua história.
dance ~
Sem tempo pra coisas pequenas
ladainhas e emendas
Sem tempo para as suas falsidades
suas medíocres necessidades
Sai daqui com sua intriga
Que isso me irrita
Meu canto é em outro tom
não ligo se você acredita que é o bom

Só me deixe em paz.

terça-feira, 4 de novembro de 2008


Quando eu te achei
Só eu poderia te amar
Como te amei.
Ao te conhecer dei pra sonhar, fiz tantos desvarios
Rompi com o mundo, queimei meus navios.
Na bagunça do teu coração
Meu sangue errou de veia e se perdeu.
Nos amamos feito dois pagãos
Meu corpo em suas mãos.

Foi um sonho transparente
Tantas vezes re-sonhado
Foi mentira ou verdade...
Hoje,
Vive a eternidade.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

M.B.


Maria bonita na ponta do pé
Maria bonita cria seu balé
Maria bonita vai rodopiando
Coisas no caminho vai encontrando
Maria nem se preocupa se vai cair
fecha os olhos e deixa
F
L
U
I
R
Deixa o Flu ir, o flu se vai, e ela já não volta mais.
Maria bonita na ponta do pé
Coloca as coisas no bolso
E no caminho encontra um moço
Ela para de dançar
Mas no fundo
continua dançando
Dentro do seu olhar.

O fluido volta
Mas o flu, ja tinha ido.
Fluido, nem pense em voltar
eu tenho muitas coisas a consertar
antes que eu possa aí dentro me perder


Pare, eu quero descer.