segunda-feira, 13 de outubro de 2008


Queria o sempre agora esse estado de semi embriaguez
Estar com você... esse meu coração já parou de sangrar.

Eu ainda tenho cervejas
e uma bela vista

Como você é baixa.
Tão bonitinha, deveria ser uma boneca.
Fazer administração (aqueles porres de horas contábeis), trabalhar suas horas semanais, ir na manicure semanalmente e não comer um pote de sorvete assistindo um filme, que aliás, não deveria tambem chorar tanto nele e encher de papéis o canto do sofá.
Se matar na academia, tomar sol, gastar todo seu dinheiro em cremes e roupas.
.
Sou fruto da incoerência, espírito inacabado, riso convulsivo, ambulante inconstante. desinteressada pelo correto e reto, erro, te confundo.
Vou dançar.
Dançar no mar e dançar na chuva.
Sentir a brisa tocando o corpo.
Ficar horas pensando na grandiosidade do amanhecer...
Gargalhar descontroladamente e me divertir verdadeiramente.
Me orgulho da pouca sensatez, da falta de cautela, do excesso de alegrias em coisas simplistas, da insistência em recomeçar toda segunda feira, moça de fino tato, tipo fina pra caralho, confio no meu bom gosto, sorriso fácil e coração de geléia.
Dançando tangos pela vida
Pra isso, nem quero ser resolvida.

Ah e
Eu ainda tenho cervejas
e uma bela vista.