segunda-feira, 3 de novembro de 2008

M.B.


Maria bonita na ponta do pé
Maria bonita cria seu balé
Maria bonita vai rodopiando
Coisas no caminho vai encontrando
Maria nem se preocupa se vai cair
fecha os olhos e deixa
F
L
U
I
R
Deixa o Flu ir, o flu se vai, e ela já não volta mais.
Maria bonita na ponta do pé
Coloca as coisas no bolso
E no caminho encontra um moço
Ela para de dançar
Mas no fundo
continua dançando
Dentro do seu olhar.

O fluido volta
Mas o flu, ja tinha ido.
Fluido, nem pense em voltar
eu tenho muitas coisas a consertar
antes que eu possa aí dentro me perder


Pare, eu quero descer.