quinta-feira, 5 de março de 2009

Não entendia como tinha essa capacidade de auto tortura.
Tinha sujeira nas pupilas.
-São náufragos!
Disse.
O espelho não estava com vontade de responde-la.
Guardou as 2 pedras no bolso, e sorriu.
Continuou ouvindo a música.
No instante seguinte, seu pensamento já estava em outro país.