segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Em protesto, vou me riscar toda
Pintar todo meu corpo com cores vivas
E ficar nua em praça pública.
Com imponência, equilibrarei as lágrimas em meus olhos, para não deixar cair.
Eles não as merecem.
Se acaso cair alguma, trato de lamber e engolir, me alimentará.
Mas no chão, não deixarei cair.